opraela

Wednesday, April 04, 2007

PÁSCOA FELIZ!!!


Sunday, February 04, 2007





ATÉ QUANDO!
(Bernardino Matos)

O pobre do aposentado,
pra ganhar cinco por cento,
um vintém pro seu sustento,
penou como um condenado.

A desculpa é conhecida,
o País está quebrado,
tem que pagar deputado,
manter a massa falida.

Como manter o congresso,
as viagens do Presidente,
comprar de forma indecente,
os votos de um réu confesso?

E o Presidente propôs,
dá dezessete reais,
recursos até demais,
pro nosso feijão com arroz.

Um salário miséria,
que de mínimo é chamado,
torna-se muito pesado,
num orçamento pilhéria.

Enquanto o desempregado,
é pago regiamente,
por esse povo carente,
que está sendo roubado.

E agora com surpresa,
para o Paraguai doamos,
esse irmão financiamos,
pra isto temos riqueza.

Temos que colaborar,
com esse novo mercado,
de Merdosul é chamado,
O Brasil tem que doar.

Doamos vinte milhões,
e um Congresso indecente,
apóia o Presidente,
pra ganhar alguns tostões.

São cargos negociados,
os partidos são vendidos,
foram por nós escolhidos,
e aceitamos calados.

Eu chamo esse poema,
um Grito Agonizante,
um sussurro bem distante,
de quem por ser pobre pena.

Até quando assistiremos,
um Pais tão promissor,
ter por lema esse terror,
roubando nós venceremos?

Agora é a Bolsa América,
a Bolsa Cooperação,
para a reconstrução,
de uma Unidade Histérica.

Monday, November 20, 2006

Wednesday, September 13, 2006

PAZ! PAZ! PAZ!!!

Sunday, July 16, 2006

REMÉDIO DE BASE

É possível haja você caído em profundo desânimo, por estar sofrendo:

a falta de alguém;a incompreensão de amigos;o frio da solidão;o conflito de idéias;acusações indébitas;desajustes no trabalho;dívidas agravadas;prejuízo em negócios;doenças no próprio corpo;moléstias em família;complexos de culpa;reprovações e críticas;sensações de abandono;lutas e desafetos;deserções de entes caros;e obsessões ocultas...

Seja qual for, porém, a sua prova em si. erga a própria cabeça, ponha os olhos no Alto e retome a tarefa em que deva servir, confiando-se a Deus, porque Deus proverá e em Deus qualquer problema achará solução.


(Chico Xavier)

Thursday, July 13, 2006


era uma vez...um fim de mundo... d´água
num grande barco Noé escapa
levando espécies seleccionadas...

na calmaria Picasso envia a pomba da
Paz

e ...em tentativa....tudo é recomeço...
éramos d´água amálgama e alma...

hoje o fim do mundo é de fogo
assim estava escrito...
" quem viver....verá "

eu vejo, tu vês, ele vê
estamos vivos...naves incendiadas...
sem e cem Noé...(s)?
oferecem...sob ameaças
animais sem selecção...
espécies brutais....
em posições de caçadores e....caça

Monday, July 03, 2006

A SUA PAZ INTERIOR







Perto de Tóquio vivia um grande samurai, já idoso,
que se dedicava a ensinar paz de espirito real aos jovens.
Apesar de sua idade, corria a lenda de que, ainda
era capaz de derrotar qualquer adversário.
Certa tarde, um guerreiro conhecido por sua total falta de escrúpulos
apareceu por ali.
Queria derrotar o samurai e aumentar sua fama.
O velho aceitou o desafio e o jovem começou a insultá-lo.
Chutou algumas pedras em sua direção, cuspiu em seu rosto, gritou
insultos, ofendeu seus ancestrais.
Durante horas fez tudo para provocá-lo,
mas o velho permaneceu impassível.
No final da tarde, sentindo-se já exausto e extremamente irritado, o
impetuoso guerreiro retirou-se.
Desapontados, os alunos perguntaram ao mestre
como ele pudera suportar tanta indignidade e ele respondeu:
- Se alguém chega até você com um presente,
e você não o aceita, a quem pertence o presente?
- A quem tentou entregá-lo, respondeu um dos discípulos.
- O mesmo é válido para a inveja, a raiva e os insultos.
Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem o carregava
consigo.

A sua paz interior depende exclusivamente de você.
As pessoas não lhe podem tirar a calma.
Só se você o permitir!
(autoria desconhecida)